Condutores não se aposentam

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. julho 2012 12:17

Acima um detalhe da galeria de prêmio do Jorge Pais, lá do Rio de Janeiro. Que diz que se aposentou. Pff. Sinto muito, mas cães são aposentados, condutores não! Ficam ativos para o resto da vida. Pode até ser que eles não entrem mais em pista, mas a vontade de estar lá continua.

Jorge, tira as tuas férias e depois volta, beleza?! Abaixo o comunicado do Jorge no Facebook:

Bom dia!

Venho aqui agradecer a todos os AMIGOS, por estarem sempre ao meu lado em todos os momentos da minha vida.
E como não poderia deixar de ser, também agradecer a "todos" os meus animais: aves, répteis e em especial os CÃES, que agradeço todos os dias pela convivência, e reconheço que quase tudo que sou e tenho hoje devo a eles.

Aproveito a oportunidade para comunicar aos meus amigos, que não são poucos rsrsrs, que devido a opções de vida (envolvido em um projeto que me ocupa muito tempo), estou me aposentando do AGILITY.
Foram vários anos de convivência onde eu , junto com meus CÃES, conquistei esses e outros prêmios! Consegui estar competindo entre os melhores do mundo. Consegui colocar vários cães no grau máximo do Agility. Coordenei durante anos o Agility no RJ, organizando vários campeonatos e me consagrei como árbitro, chegando a ÁRBITRO INTERNACIONAL/CBKC. Me sinto realizado no esporte.

OBRIGADO AMIGOS!!!

OBRIGADO MEUS CÃES, QUE DURANTE TODOS ESSES ANOS COMPETIRAM COMIGO:
- CAMILLIE
- SIMBA
- NICKY
- ZÉ PEQUENO
- FAISCA
- BILLY BOY
- CARIOCA
- JOU JOU
- BIG BOY

Os meus "pets" e de criação:
- ZEUS
- TEDDY
- GAYA
- LUNA
- BLACK 
- COEUR
- TRUFA
- JUNINHO
- HERA
- YOKI

E a todos os outros que de alguma forma marcaram minha vida! 
Obrigado, amigos!



Tags:

Agility

Joker astro de cinema

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. março 2010 23:38

Jorge lá do Rio me passou esse link. É um trailer do filme que Joker fez uma participação. Depois de Billy Boy na novela das seis, Joker no cinema, ainda teremos Billy Boy numa propaganda de uma grande marca de combustíveis. Talvez nem passe no Brasil. Jorge tá grandão. Só não sei por que não entregou o Joker por cinco paus (???).  



Tags:

2º combinado Zerado da Guíça no Grau 2

escrito por Fabi Estiga nesta data  2. junho 2009 20:19

Link para o vídeo das duas últimas pistas da Guíça no grau 1.
http://www.amigodocao.com.br/agility/detalnot_agt.asp?prod_id=441

Histórinha rápida.

O Jorge do Rio passou nessa mesma prova o Fumaça, seu Border Collie, para o grau 2, também com um combinado zerado. Eu passei antes que ele, porque a primeira pista do Grau 1 de sábado foi meu 3º EZ, enquanto que a segunda pista daquele dia foi o 3º dele. Ai esperando pelo pódio ele disse "Meu cachorro ganhou do teu!". Hehehe, dei uma risada, Jorge é uma figura.

Domingo no reconhecimento de pista soltei pra ele um "vamos ver quem vai ganhar dessa vez Jorge?" em tom de desafio. Apostamos uma Coca-Cola, mesmo tendo parado de beber refrigerante. Tai uma informação que talvez eu não tenha compartilhado aqui ainda. No final das contas ganhei a aposta.

Pura brincadeira é claro. Quando entrei em pista nem pensei nisso.



Tags: ,

Jorrrge no Hotsite do A&C2009

escrito por Fabi Estiga nesta data  4. março 2009 14:28

Não poderia deixar passar em branco aqui no meu humilde blog a história do Jorge Pais, adestrador, árbitro, condutor, dono de escola (joga em todas o cara) do Rio de Janeiro que vai julgar uma das pistas do grau 1 na Copa Sérgio de Castro. O outro é o Tiago Rock Vieira.

Jorge é uma figura do Agility nacional com muitas histórias. Uma das últimas, muito engraçada, é uma passagem dele em pista com o Faísca na III Copa CBA, 2ª etapa´em Itú. Estava frio aquele dia, choveu e era final de inverno início de primavera. Todos sabem que os Cariocas quando topam com temperaturas um pouco mais baixas já se encasacam. Natural, afinal de contas no Rio frio é 20 graus. Aqui no RS com essa temperatura tem gente na praia. E nessa pista com o Faísca, Jorge entrou com uma toca para esquiar na neve, na cabeça óbvio, dessas que só aparecem o olho e a boca. Zerou a dita.

Pra quem quiser ler segue o link abaixo:
http://www.agilitybr.com.br/a&c2009/detalnoticia.asp?prod_id=33

Jorge que começou bem o Brasileirão marcando pontos no Grau 3 com Faísca e Billy Boy. Assim como eu me deixei conduzir pela Cacau ele é hoje o conduzido do Billy, cão mais famoso do Agility Brasileiro, lendário, sem dúvidas.



Tags:

Quantos tinham

escrito por Fabi Estiga nesta data  4. março 2009 02:21

O comment da Dani de Camboriú (Balneário) no post abaixo motivou um novo post.

Eu perdi as contas de quantas vezes me perguntaram o que o pai da Dani e o irmão dela questionaram depois que ela conquistou o suado quarto lugar na 2ª etapa do Brasileiro. "Quantas duplas tinham?" é o que todos perguntam.

Uma vez depois de uma prova do Brasileiro um dos filhos do Mauro me perguntou isso depois que eu disse que fiquei em 7º com a Sandy no grau 1. Respondi que eram um 20 e poucos. Ele retrucou um "ah então tá bom!". Estava mesmo. Não sei se foi o Erik ou o Oliver (são gêmeos). Essa foi a vez mais marcante porque conquistei um excelente Zerado, poderia ter conquistado o segundo não fosse um refúgo no último obstáculo, e fiquei em 7º lugar marcando uns pontos. Outro dia conto esse refúgo, que foram dois na real.

Na categoria da Dani temos quatro duplas, ela e mais três. Isso não é garantia de pódio já que temos que completar duas pistas pra ter direito a prêmio, mas é um grande passo rumo ao. Só competi uma vez assim, na I Copa CBA quando no Brasil Cão entrei com a Cacau e fiz dois EZ´s. Na ocasião eram quatro em pista pra três lugares no pódio. Fiquei em primeiro e o Cocker Willy (um preto que entrava com um cabeludo da ABRAFA) ficou em segundo. Cacau me conduziu muito bem naquele dia, bem como faz com o Aurélio.

Bom, de qualquer forma, não é fácil. Nunca é. Na foto Jorge Pais, Eu e a Cacau com nosso troféu de 1º lugar no grau  Midi. Moicano neles.



Tags: ,

Billy Boy X Schummy

escrito por Fabi Estiga nesta data  21. outubro 2008 15:04

Algo legal e até inspirador de domingo foi a ordem de entrada, a minha no Open 2 e 3. Na lista estavam Speedy, da Luciana que acho que é irmão da Dana, se for ele é filho do Billy Boy, depois o próprio Billy Boy com o Jorge e eu com o Schummy na sequencia. Com anteção via a entrada dos dois com cães com comportamentos parecidos em pista.

A Lu com o Speedy foi desclassifica, o Jorge completou com o Billy 38,78 enquanto que eu fui desclassificado faltando dois obstáculos, mesmo assim terminei a pista com 40,96. O engraçado é que aparecia na 4ª posição na lista Standard. A entrada do túnel estava na subida da Rampa e tirei ele tanto de costas da subida dela que ele acabou passando uma pata no Slalon. O detalhe da minha pista é que levei um refúgo no slalon ainda.

No Jumping novamente a ordem de entrada. Lá estava eu esperando ao lado do Billy Boy e do Jorge pra entrar em pista. Entra o Speedy 37,22. Entra Billy Boy 36,76 e ai entra quem Tchutchuco com Samurai, ou Forrest, ou Pooh (puff) ou um dos apelidos que tenho e faz o que? 35,74 e Pega Nóis. Minha pista foi limpa sem sustos, mas com várias escorregadas e passeios. Dava pra tirar fácil um segundo dessa pista, com um pouco de trabalho dois.

Depois de sair de pista a secretaria me deu os parabéns Henrique, Cibele e Annie. Falei "o Jorge com O Billy Boy me deixou inspirado". O Jorge ganhou essa, mas vou me preparar melhor pra tentar no mínimo bater o vovô. Veja o vídeo abaixo:



Tags: , , ,

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"