Ah meu Fusca (o\_|_/o) Dave e krist

escrito por Fabi Estiga nesta data  28. março 2016 10:24

Lendo "Nada a Perder" um tipo de biografia do Dave Grohl, Foo Fighters, num determinado momento li a seguinte frase "Falando de Jimmy Page, sua banda, o Led Zeppelin, nunca estava longe do rádio do Fusca de Dave." Poucas frases tem tantas referência com a minha quanto essa.

Abaixo, outro que gosta de um Fusca. O Krist Novoselic, baixista daquela banda, Nirvama. Que o Dave tocou durante um tempo. Curte um Fusca e uma igreja. Deve sentar no banco traseiro, tem uns 2 metros de altura. kkk.



Tags: , , , ,

Ah meu Fusca

Música de Rádio Relógio - Even Flow, owowow

escrito por Fabi Estiga nesta data  16. julho 2015 08:52

Dia desses compramos um despertador, pra colocar no quarto, mas queria digital. Números vermelhos, de preferência numa cor creme ou marrom, pra ficar bem final dos anos 80. Achamos um bem barato no Carrefour. É legal acordar com música. Mas nem sempre a gente levanta quando começa a tocar a música. Por isso, muitas vezes, é melhor apenas o barulho.

Ai voltei a dormir e sonhei que estava num show e que tocava Even Flow do Pearl Jam. Provável que estivesse tocando no rádio e eu meio que alucinei com isso. Fiquei com a música na cabeça e surgiu, talvez uma nova seção no Blog. Vamos ver.

História

Pearl Jam é o maior nome do Grunge, variação do Rock que nasceu em Seattle na década de 80. Alguns vão dizer que é o Nirvana, porém eu acho que não. Me parece que ficou mais evidente a segunda banda porque o Vocalista se matou e o baterista virou o Dave Ghrol, dos Foo Fighters. Eddie Vedder (vocal do Pearl) continua ativo com sua banda, inclusive vem ao Brasil em setembro ou outubro.

O som do Nirvana era mais sujo, tinha mais cara de Grunge, lixo. Que particularmente eu curto mais, é mais punk.



Tags: ,

Música

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"