Bem diferente

escrito por Fabi Estiga nesta data  27. janeiro 2009 13:48

Dan Wroblewski, nosso amigo titular do Dog World, está no Mèxico julgou algumas provas incluindo as seletivas que premiaram uma dupla de cada categoria (Mini/Midi/Standard) com a viagem para ao Américas e Caribe 2009. Além das provas ministrou outro Seminário de Agility. Os países Americanos, tirando EUA e Canadá, estão investindo pesado em cães e condução. Depois do Américas e Caribe do ano passado, não me recordo qual pais levou o Marco Mouwen para um seminário meio particular.

O interessante é ver as raças dos cães classificados. Foram dois Schnauzers e um Australian Cattle Dog. É impensável uma situação dessas no Brasil e qualquer um responderia que aqui seriam dois Shetlands e um Border os classificados. Alguém apostaria dinheiro em outro resultado? Minha pergunta é: quando teremos uma outra raça Mini ou Midi retornando a seleção na competição máxima FCI e um não BC vai no Standard, por exemplo?

Pelo Brasil em Mundiais, no Standard, se não estou enganado apenas um Pastor Alemão do Zézinho foi para um mundial, enquanto que no Mini e Midi houveram selecionados em que não haviam Shetlands. Zézinho, novamente, duas vezes levou dois Poodles, já tivemos um Cocker, Terries Brasileiros, até um Maltês da Rosa primeira mulher a competir pelo Brasil em um WCFCI.

Não é apologia as raças diferentes não, apenas informações e questionamentos. Pra ler mais sobre a passagem do Dan pelo México clique no link abaixo que leva até a notícia do Renan no site do DW:
http://www.bordercollie.com.br/detalnot_agt.asp?prod_id=376

Na foto do Daniel Neves, um dos retratistas mais presentes aqui no Blog o Mero, Schnauzer Brasileiro Midi que compete com a Nuria.



Tags: , , ,

Comentários

27/1/2009 14:55:00 #

Tiago

O Uruguay q convidou o Marco Mouwen para um seminario.

Abraços...

Tiago Brasil |

27/1/2009 17:59:03 #

Val

aaah se a Schnauzer q classificou for uma tal de Winnie ou coisa assim, ela é boa viu? Q nem a Xena. Mais esbeltinha, rapidíssima e maluca.
Com uma diferença, o condutor dela é homem, bem mais alto q eu e corre muito, mas muito mais q eu! heehehe
:oP

Val Brasil |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"