Rodrigo com Panda o retorno

escrito por Fabi Estiga nesta data  5. fevereiro 2010 18:22

Não precisamos falar muito sobre Rodrigo e Panda (Border Collie). No final da 1ª Copa CBA, como campeões, eram o que havia de mais rápido no agility. Na ocasião a disputa foi até a 6ª etapa com Tamaio. Um na velocidade e outro na regularidade. Venceu o mais veloz. Depois veio o Brasileiro (VIIIBR) e com um meio de temporada fora do normal, incluíndo quatro virtórias e um segundo lugar em cinco etapas venceu o segundo título nacional, dois na mesma temporada. Outra vez sobre Tamaio e outra vez na velocidade contra regularidade.

No final da temporada 2006/2007 foi elevado a rei. O King Panda era imbatível.

No campeonato seguinte (de Nível nacional, II Copa CBA) ficaram com a terceira colocação. O título ficou com a regularidade de Tamaio. No IX Brasileirão, mesmo depois de terem vencido uma das quatro etapas em que estiveram em pista, abandonaram. Na época já era o maior vencedor dos combinados unificados, ranking que lidera com folga. Foram 16 conquistas contra 7 ou 8 do que está mais perto.

Ninguém realmente entendeu.

O retorno foi com um triunfo, o título da III Copa CBA, dessa vez, o rival mais próximo foi Zézinho com Dino. Porém no X Brasileiro de Agility a história foi diferente. O que vimos foi uma dupla irregular, que venceu na segunda etapa o combinado Unificado, e parou de competir na 7ª prova daquele certame.

O próximo retorno, depois de sete ou oito meses de afastamento está marcado. Amanhã.



Tags:

Comentários

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"