Escutar é preciso -> RockAgility 7

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. julho 2012 11:51

Aqui no blog gerou um monte de comentários, ainda que muitos sejam pequenas brincadeiras e não pontos de vista. Os meus já coloquei lá no programa e acho que essa unilateralidade é ruim uma vez que só nós três podemos emitir algum posicionamento.

Legal que o "pograminha de meodeos" gere discussão, mas é preciso escuta-lo.

Ao contrário do que quando escrevemos, lá é possível saber qual a intenção que temos ao dizer algo. Sem subjetividade, ainda que muitas vezes a interpretação de alguma fala, de qualquer um, vá ser livre. Então quando digo que "o Silas exala masculinidade" alguns acharão que falo sério e outros que é uma brincadeira.

Convido todos para escutar o programa 7:
http://agility.esp.br/fabi/post/2012/07/22/RockAgility-7!!!!-nao-perca!!!.aspx

Um dos pontos discutidos nesse post, do link acima, é sobre treinar e corrigir o cachorro. Eu digo no programa, é a minha opinião e pra ela não cabe interpretação, que "é falta de respeito tal coisa" (pra saber que coisa é só escutando). Meu ponto de vista, bem como achar que corrigir o cachorro e treinar é a mesma coisa.

No mais parabéns pros meus companheiros, especialmente pro Dani Naka Mura que teve a ótima idéia de fazer o programa.



Tags:

Agility

Comentários

25/7/2012 01:42:24 #

Daniel Nakamura

Cara, e a idéia surgiu no carro, escutando o programa 90 minutos da Kiss FM.

Vc falou: "Se vcs conduzissem seus cachorros como dirigem seus carros, vcs não estariam mais no agility."
Mas, se eu não dirigisse mal, escutando o rádio, talvez o Rockagility jamais existisse...kkkk.

Meu, fico contente de vcs terem embarcado na idéia, e que o RA continue assim, cada vez pior!...rs.

Daniel Nakamura Estados Unidos |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"