Picapálida - o pior sempre fica pro final

escrito por Fabi Estiga nesta data  29. novembro 2013 21:08

Apesar da chuva na madrugada, entre Florianópolis e Curitiba, que requer o dobro de atenção e da longa jornada que teve duas horas de sono na estrada, chegamos bem. A pior parte é enfrentar o trânsito caótico de Sampa. Incrível que de um ano para cá o acesso via marginal ficou impossível, meio que independente do horário e dia.

Além disso só os mesmos registros de sempre. O atraso nas obras de duplicação da BR101, o absurdo que é pagar pedágio e encontrar inúmeros buracos nas estradas por onde passamos e os congestionamentos, que não pegamos graças ao contrafluxo, de quilômetros e mais quilômetros.

Não fiz nada do meu dia. Chegamos 14:00 na Zona Norte de Sampa City e achei que deveria descansar. Tomei um banho de piscina, relax. Voltei a realidade ao ler a triste notícia da morte do Tyller hoje. Um dos cães mais importantes do Agility nacional. Triste demais passar por isso, porém precisamos estar preparados. Parece que no caso dele simplesmente desligou. Não estava doente, não tinha problema de saúde, nem nada.

Garanto que todos ficaram chocados com a notícia, e amanhã temos prova. Melhor homenagem que podemos fazer para Tyller é entrar em pista buscando a Excelência, acima de tudo.



Tags:

On the Road

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"