Volks Shopping

escrito por Fabi Estiga nesta data  19. outubro 2015 08:57

Foi semana passada, dia da criança, que ficamos sabendo do encontro de Volkswagens que seria realizado no domingo dia 18, também conhecido como ontem no Shopping de Gravataí. Ficamos empolgados e já marcamos na agenda torcendo por sol para que o evento fosse realmente realizado. Hoje estamos todos com a pele vermelha. Abaixo da esq. p dir. Minha mãe, meu pai, Théo, Eu e a Vívian. Ah é claro, o Fusca.

Incrível como um carro pode ter tantas variações e envolver tanta gente. Foram 150 carros, acho, a grande maioria Fuscas. Também haviam Kombis, Brasílias, TLs... senti falta de alguns modelos, muitos alias. Nenhum Karman Guia, mas não era uma exposição, era um evento onde cada um leva o seu carro.

Aqui galeria de imagens no Facebook, mais de 100 fotos!
Bom saber que tem gente mais louca que você.

A primeira vez que fui em um evento como esse, expor um carro. Já havia comparecido para ver. Bom conversar com gente, trocar uma idéia, tirar uma dúvida. Uma sensação de primeira vez bem legal. Já deu vontade de ir em outros encontros. Legal que levamos os skates e demos um rolê entre os Fuscas. Fiz até um vídeo andando entre os Fusca, abaixo:

Vários carros lindos. Três ou quatro me deixaram mais vidrados, dois porém chamaram mais atenção. Um Fusca verde 70 e poucos com motor AP, refrigerado a água. Lindo carro, verde, de um bom gosto incrível. E uma Kombi 2008, uma criança comparada aos carros de 30, 40 e 50 anos de idade, mas com motor do Fox, refrigerado a água, com pintura personalizada, bagageiro no teto... enfim, bem perto do que estava idealizando dia desses. Nós dois abaixo.

Parabéns para o Volks Clube Gravataí pelo evento. Bons momentos passados com a família e ao lado desses carros incríveis. Até o próximo!



Tags:

Ah uma Kombi | BillTheBall

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"