Roubando Cachorro

escrito por Fabi Estiga nesta data  20. janeiro 2016 18:22

Muitas vezes condutores se deparam com a terrível situação, ter um cachorro que vai melhor com outro condutor. Alguns pensam que qualquer cachorro parece melhor com outro, mas é irreal. Se chama "complexo de grama verde do vizinho". A verdadde é que existem tempos e tempos, o que pode ser um cão maduro pode estar com um condutor que aguarda, ainda, por mais quilometragem. Abaixo: Théo e Godú by Ferigatto.wordpress.

O canino aprende mais rápido que o humano. Máxima do Agility.

Por isso prefiro que meus cães apenas treinem comigo. Pra que eles tenham os meus defeitos e virtudes. Se é que elas existem, kk. Eu torro muito a Vivian com a Coca, pedindo pra trocar a Glee por ela, mas a Coca mesmo prefere sua condutora. De qualquer forma eu penso que a Coca só é o que ela é, pro bom e ruim, porque ela é da Vivian. Fora da pista ela prefere ficar comigo. :-)

Treinei apenas o slalon dela, o que foi ruim. Porque o cachorro ficou com o meu tempo. Depois a Vívian teve dificuldades com isso. Mas na ocasião, muito perto do Américas e Caribe 2015, foi a saída. Eu vinha de um bom método de treino nesse obstáculo, muito eficaz, e achamos uma boa. Foi pro dog, pra dupla não.

Abaixo Vivian e Coke no A&C2015, by Ferigatto.Wordpress

Muitos cães só rendem com seus condutores, o que é absolutamente normal. O vínculo faz toda diferença. Um border, ele não quer muito pensar em quem leva o brinquedo, apenas pensa no trabalho. A maioria não é assim. A maioria depende dos elos de ligação, cão/condutor.

Acho muito chata a situação que se cria, quando alguém experiente pega o cachorro de outro. Jamais pediria isso pra alguém. Se me fosse oferecido pensaria algumas vezes. Pegar sem pedir então nem se fala, no entanto acontece. Tudo é uma questão de explicar, o motivo para se atracar com o canino alheio.

Fica ai a reflexão.



Tags: , ,

Agility

Comentários

22/1/2016 23:36:56 #

Vívian Razel

Tem cachorro que não se importa,  te  dono que não se importa. Treinar acho que tem que ser um só,  quem é que vai conduzir por causa dos tempos e defeitos, como voce disse. Depois que está treinado,  aí vai da conversa.  Eu sempre gostei de ver meus cães sendo conduzidos  mas de que adianta se na hora  do vamos ver,  sou eu que conduzo?

Vívian Razel Brasil |

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"