Quero Café, Quero Café

escrito por Fabi Estiga nesta data  22. março 2017 22:16

Desde segunda na estrada, amanhã é terceiro dia que acordo e tomo café num local diferente. Num determinado ponto dos últimos três anos o ato de acordar e depois ir ao local onde servem o desjejum tornou-se pouco relevante. Porque de forma geral o café, a bebida não o todo, de hotel é ruim. É fraco.

Eu tomo um suco, que nos locais onde durmo, apesar de bons, não é natural e quando é a quantidade de água adicionada pra render é pornográfica. Paciência nada é perfeito. Sempre pego uma banana pra comer no carro. 

O café, no interior do Rio Grande do Sul nem de perto tem o mesmo peso que tem em outros centros. É difícil achar uma boa cafeteria, difícil mesmo e muitas  vezes quando encontra a moça (o) nao sabe ordenhar a máquina pra tirar um expresso (espresso? EX presso? es-presso?) razoável.

Nas viagens, por exemplo, é bem difícil encontrar um local que tenha máquina de café moído. Tem aqueles prontos que você aperta o botão e ele joga num copinho de isopor a bebida. Terrível. E outra coisa que me chateia no café. A xícara. Poutz...

Tem que ser de porcelana. Uma vez pedi um café num posto de gasolina. Café preto. Veio um cara com um copo de café. Por favor né? Não tomei, disse que não, obrigado e tchau. Não estava tão desesperado.



Tags:

Geral

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"