#dUsTiXa - bluebugtour2017

escrito por Fabi Estiga nesta data  24. julho 2017 09:34

(seguir viagem, tirar os pés da terra firme e seguir.../Gravataí 12 graus) Um belo dia de sol de domingo, uma vontade de ir para a estrada e alguns destinos pré-definidos. Fomos até Santa Cruz do Sul, cidade que fica 150km distante de Porto Alegre, de colonização alemã.

Antes de sair de casa peguei umas possibilidade de pontos turísticos. Eram algumas opções, 12 no total, no entanto peguei 6. Acabamos passando em quatro, e dois não estavam na lista inicial.

Bluebugtour eu traduzo como Turnê do Fusca Azul, porque tem muito Fusca no interior do RS. A porradaria acabou com 2x1x1 pra Vívian. Não foram tantos Fuscas.

Passamos muito tempo num Parque em Santa Cruz, que tinha muitas atividades e trilhas. Não fomos preparados para as trilhas. Mas o Théo aproveitou bastante. Parede de escalada, arvorismo e tirolesa beeem grande. Parque da Gruta dos Índios, recomendo. Bom pra levar umas cadeiras, um chimarrão e perder umas horas.

Nossas almoço foi na Paragem, um restaurante que tem um antiquario ao lado. Muita coisa, mas muita coisa velha, algumas mais novas. Comida boa, dava pra ter comido o dobro, mas preferimos dar continuídade ao passeio.

E depois fomos até o Rancho América, outro lugar com muita coisa antiga. Eles tem uma pegada mais estrada, com muita coisa relacionada a carros e motos. É mais a minha cara. O lugar é mais fechado e a poluição visual cria um ambiente único. Você olha para um canto e vê algo legal. Olha novamente pro mesmo lugar e vê outra coisa...

É insano e cansativo, muita informação.

Os outros destino a gente deixa para uma próxima vez. São muitos destinos e a gente precisa conhecer lugares novos, esses já estão meio batidos. Mais no instagram:

@fabiestiga @theoestiga @vivianrazel



Tags:

On the Road

Fabi Estiga

Mais, nas redes sociais.




Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"