Taste the feeling - com Coca e seus 3 anos!

escrito por Virazel nesta data  23. agosto 2016 20:41

Dando sequência ao post que o Fabiano fez aqui, sobre os 3 anos da Coca: o Universo conspirou para que ela estivesse em nossas vidas! Coca é muito mais que minha doga, é minha parceira! ( e só os que entendem de agility ou esporte em dupla saberam o peso disso). E não, não queria e hoje não saberia viver sem ela.

Deixo sempre claro que sou eternamente grata ao Fabiano pelo presente! Ela é meu presente e futuro dentro do Agility, ela é minha companheira na cozinha (bem que ela poderia aprender a cozinhar ou lavar louça né? ), onde quer que eu esteja  e sinto muito, mas impossível de não citar a importância dela para me ajudar a suportar a falta do Elvis. 

Coca é como dizemos, feita de extremos: da euforia à depressão. Quase não late, mas guincha como um macaco; vocaliza algumas vogais, reclama e quando deveria reclamar, se cala.

Vale deixar claro que amo cada um dos nossos cães, cada qual com sua história, sua particularidade (coisa de mãe de cachorro que não sabe falar de um sem citar os outros; isso sem falar do filho humano!!!).

Parabéns minha rainha, que papai do céu te proteja! Continue sendo essa maluca que faz nossa alegria!

Foto by: Fabiano Estigarribia


Tags:

Coca | Datas Comemorativas

Comentar


(Vai mostrar seu Gravatar)

  Country flag

biuquote
  • Comentário
  • Pré-visualização
Loading



Vívian Razel

Começou dentro do agility por volta de 1999 em São Paulo, primeiro apenas acompanhando as provas de agility, frequentando treinos e aulas de adestramento. Alguns anos mais tarde surgiu a possibilidade de comprar seu primeiro Border Collie, em 2003. Elvis, cão que... leia mais

 


Últimos Comentários

Comment RSS


Agility Esporte - divertimento acima de tudo. Se você faz agility e não se diverte é porque está fazendo errado. Acima de qualquer coisa respeite seu cão, lembre-se que ele nunca erra, não tem culpa e não pediu para praticar o esporte. Assim o bem estar de ambas as partes é primordial sempre. "Praticar é preciso, divertir-se é necessário!"